Best Cars Web Site

Últimas Notícias   

Data de publicação: 25/5/12
Clique para ampliar a imagem Clique para ampliar a imagem
BMW Série 7 ganha painel virtual, roda-livre e mais eficiência

A BMW apresenta na Europa um conjunto de atualizações para o Série 7, seu sedã de topo de linha. Na frente, a grade remodelada vem entre novos faróis que podem usar apenas leds, sem lâmpadas, e há mudanças em lanternas traseiras e para-choques. O interior ganha um quadro de instrumentos virtuais com uma tela de 10,25 pol no painel (em vez dos mostradores analógicos), que pode ser configurada conforme o interesse do motorista e ganhar diferentes cores e grafias de acordo com o programa de direção escolhido (Comfort, Sport ou Eco Pro). É possível, por exemplo, ampliar a seção do velocímetro pela qual o ponteiro passa para facilitar sua leitura.

Clique para ampliar a imagem Clique para ampliar a imagem
 

O motor de topo permanece o V12 de 6,0 litros do 760i, com turbo, 544 cv e torque de 76,5 m.kgf. No 750i vem um V8 turbo de 4,4 litros com revisões para ganhar potência (450 cv, 10% a mais) e torque (66,3 m.kgf, aumento de 8,5%), ao mesmo tempo em que se reduziram consumo e emissão de CO2 em expressivos 25%. Já o seis-cilindros em linha turbo de 3,0 litros do 740i fornece 320 cv e 46 m.kgf, enquanto o 730i traz um motor aspirado de mesmas características com 258 cv e 31,6 m.kgf.

Clique para ampliar a imagem Clique para ampliar a imagem
 

Ao lado desses motores a gasolina estão os movidos a diesel. No 750d XDrive, com tração integral, vem um seis-em-linha com três turbos, 381 cv e 75,5 m.kgf; o 740d traz um seis-cilindros com 313 cv e 64,3 m.kgf; e o 730d vem com a unidade de 3,0 litros ajustada para 258 cv e 57,1 m.kgf. Agora todas as versões têm oito marchas na caixa automática, e três delas (750i, 730d e 740d) podem vir com tração integral. Acabou? Não, existe ainda o Active Hybrid 7, que soma o motor de 320 cv a gasolina (antes um V8, agora um seis-cilindros) a um elétrico de 55 cv.

Clique para ampliar a imagem Clique para ampliar a imagem
 

E o Série 7 é mais um alemão a adotar (como o Audi Q3 e o Porsche 911) um sistema de roda-livre: entre 50 e 160 km/h o motor fica desacoplado, como se estivesse em ponto-morto, quando se está em desaceleração para permitir que o carro rode solto e aproveite a inércia. O recurso tem atuação automática e pode ser desativado.

   
blog comments powered by Disqus

Página principal - Escreva-nos

Texto: Fabrício Samahá - Fotos: divulgação

© Copyright - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados - Política de privacidade