Best Cars Web Site
Supercarros

Os reis do hemisfério

HSV ClubSport R8

Motores de até 408 cv fazem das versões HSV da Holden
os carros de série mais potentes sob a linha do Equador

Texto: Fabrício Samahá - Fotos: divulgação

A Holden, subsidiária australiana do grupo General Motors, tem dado várias provas de criatividade a partir de um mesmo tema -- o sedã Commodore, aqui Chevrolet Omega. O BCWS já mostrou o cupê Monaro, o picape VU Ute e versões conceituais como o picape-cupê Street Smart UTEster e a perua/furgão Sandman Panel Van.

Clique para ampliar a imagem A linha de Commodores preparados da HSV começa com o XU6, baseado no motor V6 com compressor. Passa a 241 cv

Quando se fala em desenvolver o Commodore em função de alto desempenho, porém, vêm à mente três letras: HSV, sigla para Holden Special Vehicles ou veículos especiais. Tudo começou em fevereiro de 1988 em Notting Hill, próximo a Melbourne, com uma associação entre a Holden e a TWR, empresa de preparação do piloto Tom Walkinshaw. Hoje sediada em Clayton, a HSV produz cerca de 30 mil carros por ano.

Toda a linha VX da Holden, correspondente ao Omega 2001 vendido no Brasil, recebe na HSV um conjunto esportivo composto de apêndices aerodinâmicos, sistema de escapamento de menor restrição, pneus Bridgestone SO2, suspensão esportiva -- de padrão ainda confortável -- e uma plaqueta de identificação com o número de produção.

No motor do XU6, a potência em kW (180).
À direita o interior do ClubSport R8,
com bancos esportivos em tecido

O XU6 é a versão de entrada, a única com o mesmo V6 de 3,8 litros que temos aqui -- mas com compressor mecânico Eaton M90, que só pode ser utilizado nos carros de volante à direita. Motor e transmissão automática são retrabalhados para melhor desempenho, com a potência passando a 241 cv a 5.000 rpm e o torque a 38,7 m.kgf a 3.200 rpm. As rodas são de 8 x 17 pol, com desenho específico, e os bancos exibem uma padronagem alegre e esportiva.

Externamente similar ao XU6, o ClubSport tem sob o capô o motor 255 LS1 V8, originário do Chevrolet Corvette. São 342 cv a 5.600 rpm de potência e 48,4 m.kgf de torque, este otimizado em baixas rotações em relação ao Holden original. Pode-se escolher entre câmbio manual de seis marchas ou automático de quatro, ambos com controle de tração eletrônico com botão para ser desativado. As rodas de 18 pol são de série, e o revestimento dos bancos em couro, opcional.

O ClubSport já vem com o motor V8 de Corvette, em versão de 342 cv, e rodas de 18 pol. A versão R8, na foto do alto, traz itens adicionais de desempenho e conveniência
Clique para ampliar a imagem

Versão mais brava do anterior, o ClubSport R8 possui rodas 8 x 18 pol de desenho próprio, bancos com apoios laterais bastante envolventes, climatizador automático, disqueteira para 10 discos e os freios HSV Performance, com discos ventilados de 330 mm de diâmetro à frente e 315 mm atrás. A coisa está esquentando, mas o melhor vem agora. Continua

Supercarros - Página principal - e-mail

© Copyright 2001 - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados