Best Cars Web Site
Supermotos

Conjunto completo

Clique para ampliar a imagem

Enfim uma custom com o clássico motor V2
e desempenho de esportiva: a Honda VTX 1800

Texto: Paulus Hanser de Freitas - Edição: Fabrício Samahá

Finalmente alguém entendeu. Há anos observávamos o proliferar de novas motos custom, cada vez mais cromadas e originais, vindas de um número sempre crescente de empresas. Todas magníficas em sua aparência, mas com a mesma falha básica: falta patente de potência para dar substância a toda aquela "cara de mau".

Verdade seja dita: mesmo que muitos digam não se importar com tal fato, regularmente os donos de Harley-Davidson são ultrapassados por motocicletas que chegam a custar um terço de seu preço.

Longa, baixa e agressiva, a VTX 1800 lembra a Yamaha V-Max, mas seu motor é 50% maior e tem a batida característica dos dois-cilindros em V
Clique para ampliar a imagem

Existem exceções, a mais famosa atendendo pelo nome de Yamaha V-Max 1200 (saiba mais). Mas "the old Max" na realidade é uma roadster, não uma custom -- e seu motor tem dois cilindros demais... A Honda Valkyrie, com seu magnífico seis-cilindros opostos -- como num Porsche Boxster ou 911 -- transplantado da ainda mais obesa Gold Wing, é uma custom veloz, mas ainda falta algo. O motor é suave demais e o ronco nem lembra as batidas sincopadas de uma Harley. Não adianta, uma custom só é perfeita na imperfeição de um glorioso V-Twin aletado.

Mas a mesma Honda que faz a Valkyrie faz também agora a VTX 1800. Finalmente uma custom clássica, V-twin (dois cilindros "gêmeos", em V), mostra-se capaz de entusiasmar até aquele viciado em esportivas que deixam o derrière mais alto que o queixo.

Imponente de qualquer ângulo, a VTX promete grande aceleração e viagens tranquilas

Para começar, o motor é enorme. São nada menos que 898 cm3 por cilindro, para um total de 1.795 cm3. Para se colocar esse valor em perspectiva, é a mesma cilindrada unitária de um V8 big-block de 7,2 litros, ou de um quatro-cilindros com 3,6 litros! Apesar de aletado, o motor é refrigerado a água, como convém a um propulsor moderno, tem comando no cabeçote e conta com três válvulas e duas velas de ignição por cilindro. Continua

Página principal - e-mail

Fotos: divulgação

© Copyright - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados