Best Cars Web Site

Magia azul

Clique para ampliar a imagem

Envoltos em uma sedutora embalagem, o V8 de 450 cv e o completo
aparato tecnológico fazem do motorista do Audi RS5 um piloto

Texto: Roberto Agresti - Fotos: Paulo Keller

Clique para ampliar a imagem

Clique para ampliar a imagem

Clique para ampliar a imagem

Uma silhueta das mais belas da indústria, preenchida por um conjunto mecânico primoroso: é o que esse Audi oferece a partir de R$ 435 mil

Clique para ampliar a imagem

Clique para ampliar a imagem

Rodas de 20 pol, com pneus 275/30 e que deixam à mostra os imensos discos de freio, são um dos elementos de alto desempenho do RS5

Lothar me explicou muitas coisas ao entregar um faiscante Audi RS5 cuja cor, azul Sepang, não me daria chance de passar despercebido nas ruas nem sequer por um segundo.

Era uma tarde na qual eu precisaria que cada hora durasse três, para cumprir meus compromissos, e o homem da Audi, grandão e com nome de melhor amigo do Mandrake, o mágico de antigas histórias em quadrinhos, me explicava calmamente tudo (tudo mesmo!) sobre o magnífico RS5, um genuíno superesportivo com potência de 450 cv e preço de quase R$ 1.000 para cada um deles, desenhado por Ingolstadt como uma resposta ao BMW M3.

Ouvi Lothar, prestando atenção no que não me interessava quase nada (as possibilidades do sistema de áudio, por exemplo) e no que me interessava muito (as possibilidades dos controles eletrônicos de suspensão, motor e tração). Em dado momento, Lothar levanta a voz e afirma, autoritariamente, que na tocada do RS5 devo colocar minhas décadas de experiência ao volante de muitos carros no freezer, ou quase isso. Como assim?

Assim: o RS5 é um carro equipado com a mais alta tecnologia em termos de controles. De transmissão, tração, estabilidade, direção, freios, câmbio, motor... Tudo está interligado, tudo atua em uníssono para oferecer sempre e sempre o melhor em termos de desempenho. "E portanto", concluiu Lothar, "mesmo quando você acha que desligou toda a assistência possível, e que será você que estará no comando 100%, esqueça, pois não é assim. O RS5 sempre estará tentando ajudá-lo a fazer o melhor. Não se antecipe, não preveja uma 'traseirada', pois, se você tiver a reação que teria com outro carro qualquer, vai se dar mal. Deixe que ele se acerte".

Mensagem recebida. Alguns dias para verificar se era verdade tudo isso e um tremendo peso nos ombros: como "desligar" instintos? Quanto será possível ousar sem que o jogo fique perigoso ou... caro demais para consertar?

Na saída da garagem da Audi em São Paulo, ao mundo real: em uma van escolar, crianças arregalam os olhos. "Acelera, tio!" Tio... Um ciclista desdentado quase se mata ao entortar o pescoço para ver o RS5 e, rindo, me faz um sinal de positivo enquanto um ônibus não o esmaga por pouco. Tudo isso em menos de 50 metros. Boa prévia da semana...

Das ruas apertadas passo à liberdade vigiada (pelas câmeras) da Marginal Pinheiros. Limite de 90 km/h. No acesso, a chance de dar meu primeiro pisão no fundo e ver como os pneus (medidas 285/30 R 20!) e a proverbial tração integral Quattro interagem com o asfalto da pauliceia. Uma olhadela para o lado e... crau no acelerador, pulo dentro da Marginal! O Audi se arremessa com a esperada competência. Nada de perda de aderência, nada de escandalosos gritos de pneus. Apenas eficiência na transmissão de enorme potência ao solo.

De nada aos 90 km/h regulamentares, entrevejo os 5,7 segundos que nossa simulação informa para esse RS5 na aceleração de 0 a 100 km/h. E o ruído do motor, ah, que coisa! Mesmo com os vidros fechados, os portentosos 450 nada malditos cavalos fazem suas vozes chegarem bem presentes a meus ouvidos. Os donos de RS5 devem gastar mais combustível só para ouvir a música do V8, exalada pelas duas grandes saídas ovais dos escapamentos.

Na tarde paulistana, faltando poucos minutos para o caos máximo do trânsito, levo o Audi RS5 para minha garagem em um nada anônimo — todos me olham! — trajeto de menos de 10 quilômetros. Lá o guardo, lembrando que um ano atrás ali esteve a perua RS6 Avant, cujo monumental V10 biturbo de 580 cv a fez recordista de potência entre os Audis de produção — e entre os carros que passaram por avaliação completa no Best Cars Continua

> Equipamentos de série e opcionais
> Simulação de desempenho
> Comentário técnico
> Ficha técnica
> Comente a matéria
Próxima parte

Avaliações - Página principal - Escreva-nos - Envie por e-mail

Data de publicação: 22/10/11

© Copyright - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados - Política de privacidade