Best Cars Web Site
Supercarros

O renascimento do mito

Clique para ampliar a imagem

Quarenta anos depois, o espírito do Ford GT 40 ressurge para
enfrentar a Ferrari, desta vez entre os supercarros de rua

Texto: Marcelo Ramos - Fotos: divulgação
Clique para ampliar a imagem

Clique para ampliar a imagem

Clique para ampliar a imagem

O GT 40 Mark II original da década de 1960 (preto) serviu de inspiração para o modelo conceitual de 2002 (azul), que agora chega às ruas como Ford GT

Quando a Volkswagen lançou o New Beetle, em 1998, surgia um novo conceito de criação baseado em carros com estilo retrô, recriações de velhos sucessos, como o próprio Fusca. Diversos fabricantes seguiram a tendência, como a Chevrolet com o SSR, a Chrysler com o PT Cruiser, a BMW com o Mini. A Ford foi uma das marcas que mais se utilizaram desse recurso: empregou-o no Thunderbird e na nova geração do Mustang, inspirada no Fastback dos anos 1960. Outros conceitos, como o Forty Nine, também devem servir de base para projetos futuros.

Para marcar o centenário da segunda maior corporação da indústria automobilística do mundo, a Ford queria um modelo que marcasse o passado e o futuro da empresa. Para isso resolveu resgatar seu mais importante modelo de competição, o GT 40. Com 500 cv de potência extraídos de um poderoso V8 de 5,4 litros superalimentado por um compressor, o novo GT 40 tinha objetivo conceitual ao ser apresentado no Salão de Detroit de 2002. No entanto, seria um sacrilégio da marca se o destinasse apenas à sua galeria de carros-conceito.

A preparação do modelo centenário começou em meados de 1999 e, como a proposta era bastante ousada e não permitia falhas, a Ford uniu duas das mais importantes divisões do grupo, a SVT (Special Vehicle Team, equipe de veículos especiais) e o estúdio Living Legends (lendas vivas). A primeira é responsável por projetos como o SVT Mustang Cobra e o F-150 Lighting, e a outra, pelo estilo dos modelos citados.

História   Lançado em 1964 pela Ford Total Performances, o GT 40 era a arma desenvolvida pela marca para provas de longa duração como a 24 Horas de Le Mans. Após fracassadas tentativas de adquirir a Ferrari, Henry Ford II queria um carro que fosse capaz de desbancá-la nas competições. Lee Iacocca, responsável pela concepção do Mustang e um dos mais expressivos nomes da indústria americana, apresentou o projeto de um carro de baixo peso que fosse capaz de superar a barreira dos 320 km/h (200 milhas por hora). Continua

Supercarros - Página principal - Escreva-nos - Envie por e-mail

Data de publicação: 27/7/04

© Copyright - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados