Best Cars Web Site
Supercarros

Futuros clássicos

Clique para ampliar a imagem

A Jaguar renova a mecânica dos cupês e conversíveis
XK8 e XKR, mas não toca em suas belas linhas

Texto: Fabrício Samahá - Fotos: divulgação

Visto de fora, pode ser difícil reconhecer um Jaguar XK8 ou XKR da linha 2003. Mas a marca britânica garante haver nada menos que 900 novos componentes na new generation (nova geração -- na verdade, apenas modificações à geração lançada em 1996) de seus cupês e conversíveis. Esses modelos são os carros esporte de vendas mais expressivas em relação ao tempo decorrido (mais de 70 mil em seis anos) na história da marca.

A grande novidade é o motor V8 de 4,2 litros, evolução do 4,0 anterior, aliado a uma transmissão automática de seis marchas (parece uma nova tendência, iniciada pelo BMW Série 7) e a dispositivos eletrônicos. O motor, todo de alumínio, possui 32 válvulas e variador de fase do comando de válvulas. Como antes, é oferecido em duas versões: de aspiração natural e 304 cv (300 hp), no XK8 (antes 290 cv), e superalimentada por um compressor mecânico Eaton tipo Roots, com 405 cv (400 hp), no XKR (eram 370 cv). Este é, ao lado do sedã S-Type R lançado no último Salão de Detroit, o mais potente Jaguar já produzido em série.

Clique para ampliar a imagem Clique para ampliar a imagem

Apenas novas rodas, de 17 a 20 pol e com três opções de desenho, e faróis de
xenônio aparecem por fora nos novos XK. Seu estilo permanece muito atraente

Com o aumento do curso dos pistões, o torque naturalmente também cresceu: passou a 42,8 m.kgf no motor aspirado e 56,4 m.kgf no comprimido, sendo no mínimo 86% desses valores disponíveis de 2.000 rpm até a rotação máxima do motor. O primeiro leva o cupê de 0 a 100 km/h em 6,4 s; o outro, em 5,4 s. A velocidade máxima continua limitada a 250 km/h pelo controle eletrônico em toda a linha. O novo motor é também de 6 a 14 kg mais leve que o anterior, que já se destacava neste aspecto.

A nova transmissão, de fabricação ZF, é a mesma do S-Type R e permite operação manual quando desejado, através do percurso em forma de "J" da alavanca, tradicional da marca. Os novos XK evoluem também em sistemas eletrônicos de segurança: controle de estabilidade (ESP), assistência adicional de frenagem em emergências (ambos de série) e, como opção, o ACC (Adaptive Cruise Control, controle automático de cruzeiro adaptativo).

Clique para ampliar a imagem Clique para ampliar a imagem

Os novos motores ganharam torque e perderam peso, levando o XKR cupê de 0 a 100
km/h em apenas 5,4 s; suspensão e freios de alto desempenho equipam esta versão

Este sistema -- cujo conceito foi lançado em 1998 pelo Mercedes-Benz Classe S -- detecta o tráfego à frente, ou mesmo algo cruzando a estrada, e ajusta sem intervenção do motorista a velocidade do carro, controlando o acelerador, o câmbio e acionando os freios se necessário. A função Forward Alert (alerta à frente) emite um aviso sonoro sobre o trânsito lento adiante, para que o motorista redobre a atenção.

No estilo impecável do cupê e do conversível a Jaguar não ousou mexer. Há apenas três novos desenhos de rodas (com aro de 20 pol no XKR) e faróis com lâmpadas de xenônio, de série no XKR. O pacote esportivo R Performance -- que pode ser solicitado com ambos os motores, ao contrário do que a letra "R" faria supor -- inclui bancos Recaro, freios de alto desempenho Brembo (355 mm à frente e 330 mm atrás, com pinças de alumínio), estes de série no XKR, e detalhes exclusivos de acabamento interno em alumínio e couro.

Clique para ampliar a imagem

Diferentes na decoração, ambos muito luxuosos: interiores do XKR (ao lado) e do XK8

Clique para ampliar a imagem

Opcional para os cupês é a chamada CATS (Computer Active Technology Suspension, suspensão com tecnologia eletrônica ativa), composta por molas mais firmes, amortecedores de carga variável por controle eletrônico e direção mais pesada em velocidade. O interior traz novos equipamentos, como sistema de navegação por DVD, retrovisor fotocrômico com bússola e volante de ajuste elétrico, que se retrai para facilitar o acesso e a saída do motorista, agora de série. 

Estes felinos britânicos têm mesmo lugar garantido entre os clássicos do futuro.

Página principal - e-mail

Data de publicação deste artigo: 13/8/02

© Copyright - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados