Best Cars Web Site
A nova arma de James Bond

BMW revela o Z8, herdeiro do clássico 507, a ser
utilizado pelo agente 007 em seu próximo filme

Texto: Henrique Mendonça - Edição: Fabrício Samahá

Todo o charme das linhas retrô do roadster BMW 507, da década de 50, com muita modernidade e potência: esta receita resultou no Z07 (saiba mais), conceito apresentado pela BMW em 1997, e acaba de dar origem ao Z8, mais novo modelo aberto da marca germânica. Suas formas musculosas, entradas de ar laterais cromadas e enormes rodas transmitem agressividade e elegância. Em relação ao Z07, o Z8 ganhou uma frente mais esportiva, com spoiler, e o domo atrás do encosto de cabeça foi substituído por dois arcos de proteção ("santantônios").

Ambos inspirados no clássico 507, o conceito Z07 (acima) e o Z8 de produção se parecem muito, mas o spoiler cresceu e o domo deu lugar a arcos de proteção

Apesar da concepção nostálgica, este irmão maior do Z3 conta com toda a modernidade dos BMW: faróis utilizam o gás xenônio (ainda indisponível nos modelos da marca no Brasil), carroceria e boa parte da suspensão são de alumínio, há controle de tração e de estabilidade (DSC III). As rodas de 18 pol recebem pneus 245/45 na frente e 275/40 atrás. Motorista e passageiro contam com muito luxo, bancos de couro vermelho e instrumentação disposta no centro do painel.

Debaixo do enorme capô, o mesmo motor V8 do BMW M5 (saiba mais), com nada menos que 400 cv graças à preparação da divisão Motorport. É aí que o roadster se transforma em superesportivo: aliado ao peso de 1.400 kg, reduzido para seu porte, e ao câmbio de seis marchas, acelera de 0 a 100 km/h em menos de 5 segundos. A velocidade máxima alcançaria bem mais de 250 km/h, não fosse o limitador eletrônico estabelecido num acordo entre marcas alemãs -- estima-se que ultrapassaria os 300 km/h. A aceleração negativa, de 100 km/h a zero, exige só 2,5 segundos.

Linhas musculosas e rodas de 18 pol dão ao Z8 elegância e agressividade à altura do motor V8 de 5 litros

Apesar de ser próprio para tomar vento no rosto, o Z8 conta com um teto rígido para os dias fechados. Mas o sonho ainda não é realidade: o roadster será apresentado oficialmente no Salão de Frankfurt, em setembro, e dirigido em primeira mão pelo agente 007, ou James Bond, em novembro. Só no início de 2000 será vendido, em reduzidíssima escala (500 unidades) e sempre com volante do lado esquerdo. Mas caso tenha uma aceitação positiva, a casa de Munique fará mais 5.000 exemplares, possivelmente com opção de câmbio seqüencial M (saiba mais). O preço de toda esta exclusividade será equivalente ao do SL 600, seu concorrente mais próximo da arquirrival Mercedes.

Inspiração

O BMW 507 foi desenhado por Albrecht Graf Goertz, que deu-lhe formas que sugeriam movimento. Ainda hoje é considerado um dos carros mais bonitos feitos em Munique. Produzido entre 1956 e 1959, foram vendidas apenas 252 unidades: era muito caro. Venceu várias provas de subida e foi o primeiro automóvel alemão com freios a disco.

O de Bond será diferente

Quem acha que poderá ter um carro igual ao de James Bond está enganado. O modelo utilizado por 007 contará com arma a laser guiado, que surge da entrada de ar dianteira. Pra o filme a BMW fez ainda uma réplica do Z8 em fibra de vidro, para ser destruída nas filmagens.

Supercarros - Página principal - E-mail

© Copyright 1999/2000 - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados