Best Cars Web Site Serviço

Como poupar o caro combustível

Gasolina, álcool e diesel romperam a barreira de
preço razoável: aprenda a economizá-los

Texto: Fabrício Samahá - Fotos: Fabrício Samahá e divulgação

Lembra-se de quando um litro de gasolina custava cerca de R$ 0,65? Não faz tanto tempo (foi no fim da década passada), mas já deixa saudades na grande maioria dos motoristas. Com isso, métodos e dicas que haviam sido esquecidos voltam à tona, assim como "receitas milagrosas" para reduzir o consumo. Para que o leitor consiga gastar menos no posto sem prejuízos ao veículo, o BCWS reuniu alguns passos de economia de combustível.

Rode menos   Parece óbvio, mas não se trata de cortar aquele passeio do fim-de-semana. A idéia é deixar o carro estacionado quando não vale a pena utilizá-lo, como em poucos quarteirões até a padaria, pela manhã, ou ao restaurante próximo do escritório. Outra sugestão é procurar sair em grupos -- para almoçar com os colegas de trabalho, por exemplo.

Evite o tráfego   Claro que ninguém deseja perder tempo e a paciência em congestionamentos, mas quantos de nós realmente os evitam? Estudar caminhos alternativos, ouvir programas de rádio com dicas de trânsito e procurar os dias e/ou horários menos engarrafados podem ajudar muito. Outra dica é reunir várias tarefas do dia-a-dia em um mesmo percurso, definindo o melhor trajeto: além do menor tempo ao volante, você rodará com o motor sempre aquecido, em que o consumo é menor do que na fase fria.

Carro em ordem   Há pequenos detalhes no automóvel que causam grandes estragos no consumo. Mantenha os pneus calibrados de acordo com as recomendações do fabricante (duas ou três libras a mais ajudam a consumir menos e, em pisos regulares, não prejudicam o conforto), as rodas alinhadas e balanceadas, e o motor em boas condições.

Velas desgastadas ou desajustadas, bicos injetores e filtro de ar sujos aumentam o consumo. É comum que um motorista menos cuidadoso protele certos serviços que acabam custando caro no abastecimento.

Fique de olho no peso: um bagageiro no teto ou uma carga esquecida no porta-malas dão sua parcela de contribuição para o desperdício. Evite acessórios que aumentem o atrito com o solo, como pneus mais largos; piorem a aerodinâmica, a exemplo de grandes spoilers; ou modifiquem o rendimento do motor, como escapamento esportivo e preparação mecânica -- a menos que haja utilidade para eles.

Ar-condicionado   Que o equipamento eleva o consumo você já sabe: por isso, procure usá-lo racionalmente, rodando com os vidros abertos até que o calor acumulado no interior se disperse, por exemplo. Depois, ajuste a temperatura um pouco acima do ideal, pois assim o compressor do sistema funcionará menos e haverá alguma economia. Por outro lado, como vidros abertos em velocidade pioram muito a aerodinâmica, o ar-condicionado pode ser a melhor opção na estrada -- sem falar no conforto que oferece.

Suavidade ao volante   Cada aceleração imprimida ao veículo representa certo consumo. Assim, dirija com suavidade: arranque e retome velocidade em ritmo moderado (sem prejudicar a fluidez do trânsito) e procure manter a velocidade mais constante. Continua

Segurança & Serviço - Página principal - Escreva-nos - Envie por e-mail

Data de publicação deste artigo: 17/12/02

© Copyright - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados

Shopping Best Cars