Best Cars Web Site
Serviço

Dirija. Por você e pelos outros

Este é o lema da direção defensiva, que ensina a antecipar
e se prevenir contra os erros de outros motoristas

Texto: Eduardo Alves - Edição e fotos: Fabrício Samahá

Muito se faz na industria automobilística para a segurança dos veículos, seja ativa (prevenção de acidentes) ou passiva (redução de seus efeitos nocivos). Mas as ações de educação para o trânsito resumem-se ao aprendizado necessário para obter a Carteira Nacional de Habilitação, que sempre foi sofrível, e a cursos de pilotagem em escolas particulares, pouco populares. Daí a necessidade de se conhecer a direção defensiva.

Quando saímos de casa pela manhã, ou viajando com a família, sonhamos em encontrar ruas e vias livres, sem trânsito, sem motoristas imprudentes (nunca somos nós os errados!), e chegar a nosso destino ilesos. Mas a realidade é bem diferente. Carros lentos na faixa da esquerda, carros velozes costurando, fechadas de ônibus e caminhões, taxistas dirigindo como se estivessem sós na pista, motociclistas imprudentes -- só para citar os mais comuns.

O sonho de muitos motoristas é rodar só em uma boa estrada -- mas a maioria tem de conviver com um tráfego que exige atenção, perícia e atitudes conscientes
Tenha ou não alguma culpa nessa situação, o motorista deve perceber que dirigir com segurança envolve mais do ter cautela, habilidade e responsabilidade: é preciso prevenir-se contra atitudes das pessoas que circulam a sua volta.

Em vias de trânsito rápido, como estradas, marginais ou avenidas, procure andar sempre que possível na faixa da direita, deixando os mais apressados na faixa da esquerda. Caso você esteja com pressa, na faixa da esquerda, e vier alguém mais rápido, dê passagem o quanto antes.

Muitos encaram esta situação como um ato de inferioridade e insistem em permanecer na esquerda, forçando o condutor do outro veículo a ultrapassá-los pela direita. Isso cria uma situação perigosa e, de quebra, coloca ambos em condições de serem multados -- um porque não deu passagem, o outro porque ultrapassou pela direita.

Nos semáforos, habitue-se a não se aproximar muito da traseira do veículo à frente. Se ele não estiver freado e voltar alguns centímetros, um dissabor facilmente evitável pode ocorrer. E, se você for abalroado pela traseira, essa proximidade pode gerar um "efeito dominó" e multiplicar os problemas. Pela mesma razão, mantenha o pé no freio enquanto parado: além do alerta promovido pelas luzes acesas, os efeitos nos ocupantes de seu carro de eventual impacto pela traseira serão menores.

Guardar distância segura dos outros veículos é uma regra básica, a ser seguida até mesmo quando se pára num semáforo ou congestionamento

Em uma freada brusca, não preste atenção apenas à frente: cuidado com carros que venham atrás, pois podem não estar guardando a distância segura ou não perceber a tempo o quão rápido você freou. Se possível, controle a freada de modo a dar espaço para o veículo de trás. Aqui a perícia é fundamental.

Num cruzamento em período noturno, mesmo com semáforo verde, nunca cruze sem a exata certeza de que não vem um carro na transversal. Reduza a velocidade e, se necessário, pare -- mesmo que a preferência seja sua. Vários acidentes acontecem nessa situação. Vale a lógica: melhor não bater que bater com razão.
Continua

Segurança & Serviço - Página principal - Escreva-nos

© Copyright 2000 - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados