Best Cars Web Site Pára-brisa  

Baixaria nas ruas

Colocar adesivos nos carros é moda antiga, mas
a grosseria e o mau gosto vêm passando dos limites

por Luiz Alberto Pandini
Luiz Alberto Pandini

Gosto de carros desde a mais tenra idade. Ainda criança, sem saber falar direito, eu já dizia a qualquer um a marca e o modelo dos automóveis que via na rua. Quando aparecia um que eu não conhecia, eu tinha duas respostas-padrão, que dependiam apenas da aparência do veículo: "carro estrangeiro" ou "carro velho". 

Desde essa época (lá se vão uns 30 anos), eu observava a personalização que cada motorista fazia em seu veículo. Alguns colocavam acessórios que alteravam bastante o estilo, enquanto outros se limitavam a colar um ou outro adesivo nos vidros. Esta última vem chamando minha atenção, simplesmente porque a quantidade de expressões chulas e/ou com erros de português vem crescendo assustadoramente.

Colocar adesivos pode ser uma maneira barata, original e facilmente revertível de personalizar o automóvel e revelar um pouco do perfil de seu dono. Durante muito tempo, colocavam-se marcas ou campanhas diversas (quem tem mais de 35 anos deve se lembrar do "Guie sem ódio", campanha que tentava diminuir a violência no trânsito). Marcas de roupas, confecções e emissoras de rádio também têm espaço garantido nos vidros.

O problema é que de alguns anos para cá as ruas começaram a receber verdadeiros desfiles de agressões à gramática e baixarias (explícitas e implícitas). Durante um tempo, a moda foi colocar um desenho que mostrava dois ETs em pleno ato sexual. Depois, surgiram frases do tipo "É nóis (sic) na fita", "Só diretoria" e outras sem o menor sentido. O pior, porém, é deparar-se com alguns engraçadinhos que colocam nos vidros um adesivo com a palavra "atecubanos" invertida. Lida pelo espelho retrovisor, as letras ficam "certas", transformando a estranha palavra em uma frase de baixíssimo calão.

Cada um tem o direito de colocar o que bem entende em seu carro. Mas um pouquinho de bom gosto, educação e inteligência não faz mal a ninguém...

P.S. 1 - A Prefeitura de São Paulo está investindo alguns milhões de reais na colocação de novos radares nas avenidas da cidade. Oficialmente, com o objetivo de coibir abusos de velocidade. Mas é claro que a medida será acompanhada por uma arrecadação extra de dinheiro das multas. Entra governo, sai governo, e as práticas continuam as mesmas.

P.S. 2 - Por falar em São Paulo, o calçamento das ruas e avenidas da cidade continua simplesmente lamentável. Só não digo que está caindo aos pedaços porque o chão não tem para onde cair. Para quem transita na cidade, um aviso: cuidado com a suspensão e o fundo do carro, pois alguns são capazes de provocar danos consideráveis mesmo quando se trafega a baixas velocidades.

Coluna anterior