Best Cars Web Site
Guia de Compra

O grande barato

Líder de vendas na categoria no final da década passada, o
Vectra é hoje uma opção a considerar entre os usados

Texto: Alberto Polo Jr. - Edição: Fabrício Samahá - Fotos: Renato Araújo

O que leva um modelo médio-grande a figurar por mais de três anos entre os mais vendidos do mercado brasileiro? Belas linhas, conforto, bom espaço interno e robustez mecânica. Assim é a segunda geração do Vectra, sucesso de vendas entre 1997 e 2000 e dono de uma grande oferta no mercado de usados. Os preços começam em R$ 15.000.

A segunda geração do Vectra foi lançada na Alemanha em 1995, chegando ao Brasil já em abril de 1996. O novo carro em nada lembrava a geração anterior, de poucas vendas por aqui entre 1993 e 1996. Suas linhas acertadas e a falta de concorrentes atualizados logo conquistaram os consumidores. As versões eram GLS, com o tradicional motor 2,0-litros herdado do Monza, 110 cv e 17,3 m.kgf de torque, e a de topo CD, com um 2,0 de 16 válvulas, 141 cv e 19,3 m.kgf.

Ambas vinham bem equipadas, com direção assistida, rodas de alumínio (de 15 pol na CD), ar-condicionado e acionamento elétrico de vidros, travas e espelhos retrovisores (o ar e o conjunto elétrico eram opcionais na GLS, mas presentes em qualquer unidade). A CD adicionava computador de bordo, controle de tração e freios com sistema antitravamento (ABS). Teto solar, bancos revestidos em couro, câmbio automático (apenas na CD) e bolsas infláveis frontais estavam entre os opcionais. Meses depois chegava a despojada GL 2,0, apenas com direção assistida de série.

Em maio de 1998, os motores passavam a 2,2 litros. A potência subia para 123 cv e o torque para 19,4 m.kgf, no oito-válvulas, e passava a 138 cv com torque elevado para 20,7 m.kgf no 16V, que havia perdido 5 cv ainda em 1996. A linha 2000 trazia uma leve reestilização. O Vectra ganhava novos pára-choques, faróis de superfície complexa com luzes de direção integradas e lanternas traseiras com novo arranjo. Uma versão GLS 2,2 16V com câmbio automático também estreava.

A série especial Millenium, oferecida em 2000 e 2001, era baseada na GL, porém com alguns equipamentos da GLS. Outra edição limitada foi a Challenge, de acabamento esportivo. Com vendas em baixa, em 2002 toda a linha Vectra ganhava novo pára-choque dianteiro, rodas (de 16 pol no CD) e freios. Mais uma série especial era lançada — a Expression, baseada no GLS. Continua



A versão GLS é a mais comum no mercado: interior bem-acabado e confortável, bons equipamentos de série, motor 2,0 ou 2,2 com desempenho adequado à proposta

Avaliações - Página principal - Escreva-nos - Envie por e-mail

Data de publicação: 28/2/04

© Copyright - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados