Best Cars Web Site
Guia de Compra

Importado e cobiçado... até demais

A grande aceitação no mercado do Golf de terceira geração
afeta o custo do seguro, seu ponto mais desfavorável

Texto: Alberto Polo Jr. - Edição: Fabrício Samahá - Fotos: Renato Araújo

Você vai dizer que seu seguro é caro? Sim, é o mais caro entre seus concorrentes. Mas este parece ser um dos poucos pontos negativos na compra do Golf III, importado para o Brasil entre 1994 e 1998. Trata-se de um modelo de desenho acertado, ainda hoje atraente para muitos, e excelente comportamento dinâmico. Seus preços variam entre R$ 10.500 e R$ 19.000 e a aceitação no mercado é das melhores.

O Golf foi lançado na Alemanha em 1974. Era o segundo Volkswagen com motor refrigerado a água (o Passat foi o primeiro). Até hoje, mais de 20 milhões de unidades ganharam as ruas entre suas cinco gerações (leia história). A última foi apresentada em setembro no Salão de Frankfurt.

No Brasil, o Golf desembarcou no início de 1994, já na terceira geração, lançada na Europa três anos antes. A versão escolhida, a esportiva GTI de três portas, era importada do México e equipada com motor de 2,0 litros e 114 cv. Teto solar de comando elétrico, hodômetros digitais, ar-condicionado, bancos esportivos e rodas de alumínio de 14 pol com pneus 185/60 eram itens de série, mas não o controle elétrico dos vidros e retrovisores, uma incoerência sanada meses depois. O revestimento interno pobre também evoluiu no ano seguinte.

Em 1995 chegavam as versões de cinco portas GLX 2,0 — com o mesmo motor e país de origem do GTI — e a GL 1,8. Esta era importada da Alemanha e, com injeção monoponto, rendia 90 cv de potência. Entre as diferenças, luzes repetidoras nos pára-lamas e pára-choques menos salientes, dadas as diferentes normas de segurança dos dois mercados. O GLX era até mais luxuoso que o GTI, embora não tivesse teto solar e seus freios traseiros a disco fossem opcionais. O GL era mais simples, mas ainda bem-acabado diante de concorrentes como Tipo, Escort e Kadett.

Um ano depois o GL 1,8 passava a ser importado do México e ganhava injeção multiponto, passando a render 96 cv — era o 1,8 Mi. Em 1997 o GTI trazia novas rodas, o GLX tinha opção de câmbio automático de quatro marchas e as versões VR6 (com motor V6 2,8-litros de 174 cv) e Cabriolet (conversível com o mesmo 2,0) vinham em pouquíssimas unidades. Em 1998, o Golf de quarta geração desembarcava, trazido da Alemanha, para um ano depois ganhar nacionalidade brasileira. Continua



O GTI, primeiro Golf vendido no Brasil, em 1994: estilo atraente, três portas, interior simples e motor 2,0-litros com boa potência



Um ano depois chegavam as versões GL 1,8, nas fotos, e GLX 2,0, com cinco portas. A GL tinha desempenho modesto e procedência alemã, notada nos pára-choques menores

Avaliações - Página principal - Escreva-nos - Envie por e-mail

Data de publicação: 6/12/03

© Copyright - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados