Best Cars Web Site

Sair do carro pra quê?

Proliferam os serviços de drive thru, dos tradicionais
fast-foods até análises clínicas e (pasme!) casamentos

por Luís Perez

Depois de duas colunas mal-humoradas, esbravejando contra vendedores de automóveis e seguros, e uma dando os parabéns a um fabricante por iniciativas criativas, eis que resolvo escrever sobre algo um pouco, digamos, neutro. Ou nem tanto. O amigo leitor já parou para pensar sobre tudo o que é possível fazer na vida sem sair de dentro do carro?

Pois é. Não bastasse a onda de drive thru do McDonald´s em tudo quanto é canto, além de caixas 24 horas de bancos (ninguém em seu juízo perfeito pára sentindo-se totalmente seguro no Brasil nesse tipo de serviço), hoje é possível fazer quase tudo sem tirar o traseiro do banco.

Infringindo o código de trânsito, uma banca de jornais da região de Santo Amaro (zona sul de São Paulo), entre a avenida Vereador José Diniz e a própria Santo Amaro, tratou de colocar uma placa na qual se lê: “Para ser atendido no carro, buzine”. Buzina deixou de ser um sinal de advertência para evitar choque no trânsito. Passou a significar algo na linha: “Vê o Estadão!”

Não muito longe dali, há uma loja de revelação de filmes que também funciona no sistema drive thru. Por mais que a tecnologia tenha avançado – e as câmeras digitais proliferado a tal ponto de forma que muita gente dispensa filme e revelação –, algumas coisas não mudam. Mas podem ganhar uma forcinha do mundo motorizado.

Farmácia é outra modalidade de vendas que tem ganhado espaço nesse sistema. E pasme: já há inclusive laboratório de análises clínicas que não só entrega os resultados como também faz coletas (é isso mesmo!) de materiais para exame. Até o quase intocável mundo jurídico sucumbiu: já existe, no Tribunal de Justiça do Distrito Federal, o drive thru de petições.

Há também sexo, não necessariamente com amor – o famoso drive-in, tema de inúmeras reportagens de comportamento, sendo que uma das últimas que li trazia um título pra lá de criativo: “Fecham-se as cortinas e começa o espetáculo”. E até com amor, em tese: é que nos EUA, a pátria do mundo sobre rodas por excelência, já inventaram o drive thru wedding, ou o casamento drive thru.

Não acredita? Ora, só em Las Vegas há um serviço em que a pessoa pode escolher entre a cerimônia simples (US$ 40) ou o pacote (por US$ 60, inclui uma rosa vermelha e uma foto Polaroid), nos dois casos usando o próprio automóvel. Os mais abastados, capazes de pagar US$ 150, têm direito a 12 poses com fotógrafo profissional, além de desfrutar das comodidades de uma limusine. Ainda duvida? Procure na internet por A Little White Chapel.

Ora, a vida dentro de um aeroporto não virou um filme de Steven Spielberg, estrelado por Tom Hanks, mostrando o mundo à parte que existe, em O Terminal? Então por que um diretor criativo não pode mostrar tudo o que as pessoas são capazes de fazer sem sair de dentro do carro? Alguém tem alguma idéia?

Roda e avisa
Retromobile - Loucos por veículos antigos já podem começar a juntar dinheiro para viajar a Paris. O 30º. Retromobile (o BCWS cobriu a edição anterior com exclusividade) acontece de 11 a 20 de fevereiro, no Porte de Versailles, na capital francesa.

Efeito Sedan - A Ford registrou em outubro a venda de 18.168 veículos, um crescimento de 19%. Um dos principais motivos foi a chegada do novo Fiesta Sedan. Sua participação foi a 13,3%, avanço de 2,2 pontos percentuais em comparação com o mês anterior.

Strada revigorado - Não é que a plástica do Fiat Strada deu resultado? Em outubro, o picape chegou perto do Ford EcoSport entre os comerciais leves – 3.406 EcoSports contra 3.318 Stradas emplacados.

De resto, tudo igual - No mais, o Gol deve fechar o ano de novo como o carro mais vendido (está chegando ao 18º. consecutivo), com 143.033 de janeiro a outubro. Em segundo lugar vem o Palio (107.802), seguido de perto pelo Corsa (98.990), se somadas as versões hatch e Sedan, este em duas gerações.

Stop, Ocimar - Pois é. Enquanto na França o Citroën C3 será equipado com o Start & Stop, que desliga o motor automaticamente quando a velocidade fica abaixo dos 6 km/h (economizando combustível e emitindo menos poluentes), aqui a gente tem de se contentar com o “pretinho básico” do Ocimar Versolato...
 
Shopping
Som - A Stetsom está lançando o crossover STX84, sistema que distribui os sinais de áudio. É recomendado para instalações de alta fidelidade, alto rendimento sonoro e sistemas de muita potência. Preço sob consulta.

Colunas - Página principal - Escreva-nos - Envie por e-mail

Data de publicação: 9/11/04

© Copyright - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados