Best Cars Web Site
Apresentação

Melhor por dentro que por fora

Clique para ampliar a imagem

O novo BMW Série 3 não conquista tanto pelo estilo quanto pelo
conteúdo técnico, a começar pelo motor de 3,0 litros e 258 cv

Texto: Fabrício Samahá - Fotos: divulgação
Clique para ampliar a imagem

Clique para ampliar a imagem

Clique para ampliar a imagem

Clique para ampliar a imagem

Como evoluir um carro que é sucesso de vendas e ainda não parece defasado? O mesmo desafio que a BMW enfrentou em 1998, no lançamento da quarta geração (codinome E46) do Série 3, repetiu-se agora com a chegada de seu sucessor. Antecipado em agosto com o vazamento de fotos oficiais pela internet (leia segredo), o modelo identificado como E90 aparece agora em material de divulgação do fabricante. A estréia é só em março no Salão de Genebra.

Para alguns, é um alívio perceber que a equipe de Chris Bangle (o estilista americano responsável pelos recentes e controvertidos desenhos dos séries 5, 6 e 7 e do roadster Z4) foi moderada desta vez, optando por linhas mais convencionais. Para outros, porém, fica a decepção de ver o modelo mais expressivo da marca em vendas descaracterizado, com uma traseira que remete ao Nissan Primera da década passada. Não resta dúvida de que o impacto positivo conseguido com a geração E36, de 1990, não vai se repetir tão cedo.

Se por fora as notícias poderiam ser melhores, por dentro há boas novidades. A carroceria está mais rígida (em 25%) e leve e as medidas cresceram para ganho de espaço interno: 49 mm no comprimento (agora 4,52 metros), 78 mm na largura (1,81 m), 35 mm entre eixos (2,76 m) e, como se espera de um BMW, apenas 9 mm na altura (1,42 m).

O painel destaca o mostrador à direita do motorista, que exibe informações de navegação, computador de bordo, climatização e outras, controladas pelo iDrive -o comando no console que parece um mouse circular. O sistema Comfort Access destrava as portas e permite dar partida ao motor (por botão) sem uso de chave, bastando manter o comando no bolso, e ajusta bancos, retrovisores, rádio e climatização conforme o usuário memorizou.

Entre os motores desta fase inicial, o destaque é o novo seis-cilindros em linha de 3,0 litros, 258 cv de potência e 30,6 m.kgf de torque do 330i, o mais potente e leve da categoria. Dotado de Valvetronic, leva-o de 0 a 100 km/h em 6,3 segundos e à máxima de 250 km/h (limite eletrônico), ao mesmo tempo em que reduz o consumo em relação ao motor anterior de 231 cv.
Continua

Atualidades - Página principal - Escreva-nos - Envie por e-mail

Data de publicação: 26/10/04

© Copyright - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados - Política de privacidade