O caminho da segurança

Clique para ampliar a imagem

Com grandes ambições para o novo Palio, a Fiat preferiu adotar um
desenho simples, a forma mais segura de dar um passo adiante

Texto: Edilson Luiz Vicente - Fotos: divulgação

Clique para ampliar a imagem

1) Uma parte central tão alta faz a frente parecer que está flutuando. A pouca espessura e a simplicidade fazem parecer que falta alguma coisa.

2) O contorno da moldura é simples e agradável. Os faróis de neblina circulares, medida de economia, não comprometem o estilo.

3) Esse vinco faria falta se não estivesse aí: ele “quebra” visualmente a área para não ficar muito lisa e vazia. Possui um alinhamento visual com o vinco que forma o rebaixo da linha de cintura da lateral. Nesse caso a simplicidade da solução é um ponto a favor.

4) Chamou a atenção a coluna “A” bem larga: não se vê isso normalmente em carros compactos. Causa a impressão de robustez, embora possa prejudicar a visibilidade.

Clique para ampliar a imagem

1) A intenção foi boa, mas os formatos das lanternas não combinaram perfeitamente com o estilo do carro. Se a ideia para o estilo do Palio foi se inspirar em elementos estéticos dos outros modelos da fábrica, algo como as lanternas do Bravo poderia ter causado bom resultado.

2) Interessante solução a superfície vindo do defletor superior e contornando as lanternas. Foi um truque esperto.

3) Esse vinco dá a forma da conhecida superfície “pegadora de luz” da lateral, bem simples e objetiva. O vinco ainda contorna toda a região inferior do carro, praticamente sem interrupção. É interessante, pois dá um toque de bom acabamento à carroceria.

4) Mais uma boa intenção, necessária visualmente, mas o rebaixo ficou muito tímido, pecando pelo excesso de simplicidade.

A Fiat é a maior fabricante de automóveis no Brasil já há alguns anos, e se manter como número um do ranking nacional exige acima de tudo atitude. Afinal, a concorrência hoje é mais acirrada do que era há 20 ou 30 anos.

A manutenção do Mille no mercado pode parecer atentar contra essa atitude, mas vale lembrar que outras fábricas aqui também têm alguns "dinossauros" ainda em produção. E, por mais que seja tentador fazer alguma crítica sob o ponto de vista de estilo, do ponto de vista de negócios os modelos antigos ainda são produzidos simplesmente porque a estratégia tem funcionado: existe grande demanda por eles, e ninguém vai deixar de oferecer o que o mercado quiser comprar.

Em uma comparação entre as fábricas que produzem no Brasil, percebe-se que a Fiat tem se mexido bastante durante seu crescimento no País, sobretudo com ideias originais para oferecer um algo a mais para o consumidor. Foi assim com a criação da série Adventure, com as versões de cabine estendida e depois cabine dupla do picape Strada e, mais recentemente, com o novo Uno e suas ofertas de cores e combinações de acabamentos.

De modo geral a Fiat tem acertado em suas estratégias. Um ponto em comum é que seus modelos mais bem-sucedidos nas últimas décadas — cada um a seu tempo — tiveram desenhos sem grande ousadia, mas bem-resolvidos do ponto de vista estético. Um desses acertos é o Palio, que até há pouco era o modelo de maior volume em vendas da empresa e concorrente direto do modelo mais vendido do País, o VW Gol, tendo até por algumas vezes tomado seu posto de número um do mercado.

Com o lançamento do novo Uno, aconteceu que esse passou a ser o modelo de maiores vendas da marca e o Palio despencou para o quinto lugar no ranking do mercado. Isso certamente justificou o lançamento de uma nova geração do modelo, dessa vez todo novo e não mais uma reestilização, coisa que provavelmente não seria bem aceita a essa altura, depois de 15 anos da estreia do desenho original. A Fiat investiu pesado para, ao que parece, ter dois modelos entre as três primeiras colocações em vendas no Brasil, além de incentivar as vendas de sedã, perua e picape pequeno com os derivados do Palio que estão previstos.

Alguns opinam que o estilo do novo modelo não é uma total novidade por ser uma mistura de elementos estéticos do Uno, do Bravo e do Punto. São válidas as observações, mas, apesar de o departamento de estilo da Fiat não ter uma identidade visual tão definida nos detalhes como o de outras fábricas, basta uma olhada para saber que esse é mais um produto Fiat. Além disso, os detalhes estéticos ditos em comum são atuais e, por conta de Uno e Bravo serem modelos ainda recentes, não diminuem o ar de novidade do Palio.

Clique para ampliar a imagem

1) Os faróis, claramente inspirados em Bravo e Punto, combinam com o carro e têm dimensões adequadas. Curioso é que os refletores duplos são mais sofisticados do que os refletores simples usados no Punto, que é de uma categoria acima.

2) A abertura ficou um pouco maior do que deveria, e a tonalidade um tanto clara de cinza aumenta ainda mais a sensação. No Uno ela fica mais embutida, o que resulta em um visual melhor.

3) Assim como todo o carro, o capô é simples, só com esses discretos vincos formando o ressalto central e contornando os faróis. Bem de acordo com a proposta de estilo.

4) As quinas da dianteira são bem chanfradas, um recurso estético interessante. Visto assim de frente, as molduras dos faróis de neblina ficaram visualmente pequenas.

Clique para ampliar a imagem

1) O vinco da tampa traseira inspirado no Uno e o vinco do para-choque alinhado com ele formaram um bom efeito estético.

2) O corte do vidro, simples e curvado para cima, está presente em praticamente todas as séries do Palio. Se por outras vezes pode ter sido necessário manter, dessa vez poderia ter sido diferente.

3) Mais um recurso adotado sem problema algum, pois está em harmonia. As extremidades ficaram interessantes com os refletores embutidos. A pequena superfície de contorno dá um bom acabamento.

4) Duas razões para o estilo do Palio estar com bastante leveza. A área das janelas é curvada para dentro, assim como a região inferior da carroceria. Hoje em dia muitos carros têm tão pouca curvatura que ficam com aparência pesada.

Atualidades - Página principal - Escreva-nos - Envie por e-mail

Data de publicação: 6/12/11

© Copyright - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados - Política de privacidade