Best Cars Web Site
Apresentação

Blazer evolui no conjunto... nos EUA

Denominado Trailblazer, o SUV ganhou espaço,
conforto, segurança e um seis-cilindros que supera os V8

Texto: Fabrício Samahá - Fotos: divulgação

Enquanto os brasileiros discutem ganhos e perdas no polêmico estilo do Chevrolet Blazer, os norte-americanos só têm a comemorar. A General Motors apresentou a nova geração de seu utilitário-esporte (SUV) "pequeno" -- se comparado aos Tahoe, Yukon e Suburban --, denominado Trailblazer e já um modelo 2002.

Entre os destaques, o moderno motor Vortec de seis cilindros em linha, 4,2 litros e 24 válvulas, que substitui o V6 de 4,3 litros e supera, em potência e capacidade de tração (reboque), todos os V8 de sua categoria. É o primeiro motor de utilitários da GM com duplo comando de válvulas no cabeçote, chega a 270 cv (o anterior não atingia 200 cv) e 38 m.kgf de torque, 90% dos quais estão disponíveis de 1.600 a 5.600 rpm.

O estilo frontal continua típico Chevrolet, mas o conjunto ficou atual e robusto; a versão LTZ da foto vem com rodas de 17 pol e elementos esportivos 

A GM anuncia tamanho ganho em suavidade de funcionamento que foi adicionado um interruptor de motor de partida, para evitar que o motorista tente acioná-lo quando já em funcionamento. Há versões de tração traseira, com controle de tração, ou integral, sistema Autotrac. Em relação ao Blazer, o SUV cresceu 21 cm em comprimento, 15 cm entre eixos e 17,5 cm em largura. O estilo mantém a frente característica dos utilitários GM americanos, aqui utilizada no Silverado, mas o conjunto é robusto e harmônico, sem apelar para formas desajeitadas como no novo Blazer nacional.

O painel transmite a sensação de "duplo cockpit", como se o passageiro também o tivesse a sua frente, e o espaço aumentou em praticamente todas as dimensões internas. No banco traseiro há cintos de três pontos para todos, controles de ar-condicionado e de áudio -- com opção de sistema Bose, toca-CD de painel para seis discos e comandos no volante. O ar-condicionado opera com diferentes temperaturas para esquerda e direita do veículo e possui capacidade de 8,5 m3 por minuto, suficiente para resfriar uma casa, segundo a GM.
Interior bem mais moderno e com painel do tipo "duplo cockpit"; o volante controla o sistema de áudio e o ar-condicionado, que também têm comandos para o banco traseiro 
O chassi continua separado da carroceria (outros SUVs têm passado a monobloco, como o Mitsubishi Pajero -- saiba mais), mas é novo e o mais rígido da categoria. Freios a disco com antitravamento (ABS) equipam as quatro rodas e há bolsas infláveis frontais e laterais. Quando ocorre um disparo, o sistema OnStar comunica a central de assistência para que contate de volta o veículo, verificando se é preciso socorro de emergência.

Suspensão e direção foram modernizadas, esta adotando o mais eficiente sistema de pinhão e cremalheira; as bitolas estão entre as mais largas do segmento e o diâmetro de giro foi reduzido. Mas continua o eixo traseiro rígido, que poderia ter cedido lugar a uma suspensão independente. As rodas são de 16 pol nas versões LS e LT e de 17 pol na LTZ, sempre com pneus BFGoodrich especialmente desenvolvidos para ele.

Suavidade de seis-em-linha, desempenho de V8: o novo Vortec de 4,2 litros chega a 270 cv e oferece 90% do torque máximo desde 1.500 rpm 

Como o Blazer nacional vende bem -- inclusive pela falta de concorrência direta -- e acaba de ser reestilizado, um Trailblazer brasileiro não deveria chegar tão logo. Mas há fontes que revelam a intenção da marca de atualizar seus utilitários com os norte-americanos mais rapidamente (o Silverado de 1999 ainda não está aqui), o que poderia acelerar o processo. É o que esperamos.
Também em versões Oldsmobile e GMC
Como nas gerações anteriores, o novo SUV da Chevrolet terá a companhia, no mercado norte-americano, de modelos equivalentes das divisões GMC e Oldsmobile: o Envoy (esquerda na foto) e o Bravada (ao fundo), este apresentado meses antes dos demais. As diferenças de estilo são significativas e o modelo Olds é o mais sofisticado. Por outro lado, com o anúncio da eliminação desta marca, o Bravada pode passar a outra divisão ou mesmo deixar o mercado, antes mesmo que a nova geração esteja disponível.

Página principal - e-mail

© Copyright 2000 - Best Cars Web Site - Todos os direitos reservados